Ativa o menu
2ª via de boleto2ª via de boleto
Bovespa
+0,28%
52.950,32 pts
Dólar Com
-0,25%
R$ 3,102
EURO
-0,45%
R$ 3,498
19/06 - Sustentabilidade
Lixo-que-Vale

CONHEÇA A FEIRA QUE TROCA LIXO POR ALIMENTOS

Reduzir o desperdício de materiais e ajudar famílias que vivem em situação precária. Estes são alguns dos objetivos do “Lixo que Vale”, um projeto desenvolvido pela prefeitura de Umuarama, município localizado na região noroeste do estado do Paraná.
Criado há dois anos, o programa tem como foco central as famílias carentes do município, mas os seus benefícios estendem-se a toda população. Ao destinar à reciclagem um grande número de materiais que antes seriam descartados na natureza, o projeto auxilia na preservação do meio ambiente e no desenvolvimento de uma consciência sustentável.
Lixo que Vale

Como funciona

O princípio de trocas do “Lixo que Vale” funciona da seguinte forma: após separar o lixo reciclável, a pessoa dirige-se a um dos pontos de troca espalhados pela cidade que são abertos todos os sábados. No local, é feita a pesagem e quem acumular um quilo de material recebe uma unidade de dinheiro fictício, denominado Moeda Verde.
Após receber a sua moeda, o morador vai a uma feira ao ar livre que faça parte do programa, aberta quinzenalmente. Lá, o dinheiro fictício pode ser trocado por uma grande variedade de produtos frescos e que são produzidos pelos próprios agricultores locais.

Produtos oferecidos

A lista de alimentos oferecidos pelas feiras inclui até 20 diferentes tipos de verduras, legumes e frutas, além de pães, carne, ovos, doces e bolachas. Todos os produtos são de boa qualidade e vêm diretamente do produtor rural.
Feira Troca Lixo Alimentos

Números do projeto

Segundo dados da prefeitura municipal de Umuarama, a média mensal de material reciclável trocado pelos moradores é de 8 mil toneladas. Nas feiras ao ar livre, a cada 15 dias, são distribuídos cerca de 3 mil quilos de alimentos para a população.

Benefícios

Além do meio ambiente e dos produtores rurais, quem também agradece pela iniciativa são os catadores da cooperativa de coleta de recicláveis. Muitos destes trabalhadores, que antes passavam por grandes dificuldades financeiras, hoje são beneficiados com o programa e obtém o seu sustento de forma digna.

Fonte: Atitudes Sustentaveis

VÍDEOS DO MERCADO CONDOMINIAL

Condominial.TV - A TV do Mercado Condominial